Ícone de uma setinha

Vacina contra Gripe para empresas - Clique aqui

Whatsapp

Cuidados pós-vacinação

💚 Vacinar é um ato de amor e os cuidados não terminam após a picadinha! Por isso aí vão algumas orientações:

✅ Mamalgesia: na vacinação infantil, recomendamos que as mães amamentem seus bebês após a imunização. A OMS elaborou um documento recomendando amamentar os lactentes no momento da vacinação e imediatamente após, pois a sucção é analgésica para os bebês. O leite materno contém endorfina, substância química que ajuda a suprimir a dor e também reforça a eficiência da vacina. Além disso a amamentação aumenta a segurança da mãe e diminui a ansiedade.

✅ Evite movimentar bruscamente o local vacinado durante as 12hs seguintes. Isso evita hematomas e dores.

REAÇÕES:

Felizmente as reações graves de vacinas são muito raras e mesmo as reações leves não ocorrem em todas as pessoas vacinadas ou em todas as aplicações. Mas aí vão algumas orientações e informações em relação á esse tema:

✅ As reações não são sintomas de doença, mas indicativos de que o organismo reconheceu o antígeno (substância estranha ao organismo capaz de provocar uma resposta imunológica, ou seja, formar anticorpos) e se mobilizou para combatê-lo.

✅ A vacina precisa causar uma inflamação para que o sistema imunológico produza anticorpos contra ele. As reações mais comuns são: Dor, vermelhidão, inchaço e calor no local do corpo em que a vacina foi aplicada, assim como febre, cansaço, dor de cabeça e diarréia.

✅ Caso essas reações ocorram, não massageie ou passe qualquer tipo de pomada. Faça compressa com água fria. No caso de febre, utilize o medicamento usual prescrito pelo médico.

✅ Nem sempre a inflamação provoca febre ou outras reações, portanto a criança está imunizada mesmo sem apresentá-las.

✅ Se os sintomas permanecerem mais de 2 semanas também é importante comunicar o médico/pediatra, pois geralmente em poucos dias eles devem passar. Os sintomas geralmente começam a aparecer 24h a 48 horas após a plicação da(s) vacina(s).

E LEMBREM-SE: AS DOENÇAS IMUNOPREVENÍVEIS SÃO MUITO MAIS GRAVES DO AS REAÇÕES DAS VACINAS QUE AS PROTEGEM. PORTANTO NÃO DEIXE DE COMPLETAR O ESQUEMA VACINAL POR MEDO DE REAÇÕES.

EQUIPE IMUNIZAR VACINAS